Destinação de Resíduos Sólidos Industriais

Por isso, é preciso ficar atento aos procedimentos necessários para a limpeza e o correto manuseio, em como o transporte e destinação dos resíduos industriais. Devido à intensa atividade industrial, esse volume de ‘sobras’ da produção é enorme e, na maioria das vezes, não é devidamente descartado.

Esse tipo de resíduo necessita de tratamento especial e sua gestão adequada é o primeiro passo para que as empresas contribuam para um meio ambiente mais saudável.

Por isso, os resíduos industriais não só devem ser armazenados separadamente, como também ser transportados em diferentes veículos, que precisam possuir placa de identificação e receber uma destinação final específica. Em geral, os resíduos industriais podem ser classificados em classe I e classe II (não perigosos, compreendido por inerte e não inerte).

O processo de destinação de resíduos sólidos deve ser controlado de modo a garantir a rastreabilidade dos resíduos e, quando se tratar de utilização do incinerador, este deve ser um sistema totalmente automatizado, que ofereça segurança e eficiência em todas as suas etapas.

Esse processo de destinação de resíduos sólidos industriais tem como uma de suas grandes vantagens o alto grau de eficiência na destruição dos poluentes presentes nos materiais contaminados.

O tratamento de resíduos industriais é essencial para as empresas que desejam fortalecer a sua imagem, alinhar-se com as legislações e explorar novas oportunidades de mercado.

Para isso, é essencial que elas contem com companhias experientes, que garantam o correto gerenciamento dos resíduos e apoiem a manutenção da responsabilidade corporativa.

Todos esses procedimentos que fazem parte da destinação final de resíduos sólidos industriais colaboram com o meio ambiente e impedem a contaminação dos lençóis freáticos, do solo e da atmosfera.

Resíduos Industriais E Suas Classificações

Não se trata apenas de uma preocupação ambiental ou com saúde pública, mas uma responsabilidade e uma exigência legal, que pode acarretar consequências para imagem da empresa e, ainda, afetar seu negócio com a perda de clientes ou sanções legais.

O lixo e os resíduos gerados pela atividade industrial geram debates e preocupações em todo o mundo. Por essa razão, a busca por soluções ecologicamente corretas para a coleta e a destinação desses materiais é fundamental, e é conhecida como gerenciamento de resíduos industriais.

As empresas especializadas no segmento de tratamento de resíduos industriais devem dispor de equipamentos com alto padrão de eficiência e tecnologia, para fornecer soluções efetivas e atender às necessidades de cada Cliente e resíduo. Um exemplo de resíduo que requer tratamento por tecnologia específica é o solo contaminado por hidrocarbonetos.

Diante de um cenário de desafios econômicos e ambientais, a indústria precisa repensar as suas práticas. Nos últimos anos, presenciamos grandes acidentes decorrentes de mal gerenciamento de resíduos industriais, causando danos permanentes ao meio ambiente e, até mesmo, mortes.

Tratamento de efluentes

A destinação final de resíduos sólidos industriais também tem o propósito de minimizar os impactos ambientais atendendo todas as normas de legislação. Em razão da diversidade do parque industrial no estado de São Paulo, decorrente de fatores socioeconômicos, de mercado, da localização geográfica e características regionais diversas, a gestão dos resíduos sólidos industriais tornou-se uma questão premente.

Outro fator que ressalta a necessidade de uma atuação mais urgente na gestão de resíduos industriais são os inúmeros episódios críticos de poluição que tem sido relacionados ao trato inadequado desses resíduos, causando efeitos danosos à população e ao meio ambiente. Uma rotina da gestão de resíduos dentro de uma empresa é o descarte correto dos resíduos industriais.

Gestão De Resíduos E A Pegada Ambiental

Sendo assim, agora sabemos a importância e os benefícios do descarte correto dos resíduos industriais. Podemos perceber que se torna imprescindível manter uma rotina da gestão de resíduos dentro de uma empresa.

Essa rotina começa com a elaboração de um plano de gestão de resíduos, no qual serão identificados e classificados os tipos de resíduos existentes na empresa, como resíduos perigosos ou não perigosos, recicláveis e qual a destinação ambientalmente correta.

A coleta de resíduos industriais é um assunto que a cada ano vem sendo tratado com mais importância, pois o descarte da coleta de resíduos industriais impacta diretamente na conservação do meio ambiente global e saúde pública.

Um outro olhar, o de possíveis investidores e empreendedores, também está interessado neste assunto, optando por empresas politicamente corretas. As empresas que realizam o tratamento de resíduos industriais disponibilizam diversas tecnologias que serão indicadas conforme o tipo e as características do resíduo em questão.