Saiba Tudo Sobre Engenharia Eletrônica E Veja Onde Estudar

A Engenharia Eletrônica é uma área voltada ao desenvolvimento de componentes, dispositivos, sistemas e equipamentos eletrônicos, como transistores e circuitos integrados. É a parte da Engenharia que lida com a energia elétrica em pequena amplitude. A engenharia eletrônica é a parte da engenharia que é responsável pelo projeto e desenvolvimento de sistemas elétricos e eletrônicos. Desta forma, é uma área de atuação ampla que abrange diversas áreas dentro da engenharia, principalmente aquelas ligadas à tecnologia. De maneira geral, as Engenharias Eletrônica e Elétrica estudam o uso da energia elétrica e de seus circuitos eletrônicos na elaboração de produtos, como eletrodomésticos, sistemas automáticos e aparelhos de telefonia.

Dê uma olhada nas matérias que irá estudar e não tenha medo de se aventurar nessa área. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira , existem 545 cursos de Engenharia Elétrica no Brasil. O curso tem duração de 5 anos, mas só depois do segundo ano que verá matérias específicas da área. Confira tudo sobre o cargo de Engenheiro Eletrônico – O que faz, salário e carreira.

Áreas De Atuação Para O Engenheiro Eletricista

A Eletrotécnica é direcionada para a criação e conservação de sistemas elétricos nas usinas, além de redes de distribuição de energia. Acompanhe o texto para descobrir as áreas de atuação do engenheiro eletricista e se você tem perfil para seguir essa profissão. Os engenheiros eletrônicos desta filial são responsáveis ​​por projetar sistemas com microprocessadores, programas, sistemas operacionais, redes de computadores, entre outros. Vale destacar que, tanto na Europa como nos Estados Unidos, a engenharia eletrônica é considerada um ramo da engenharia elétrica, embora aqui no Brasil os cursos sejam distintos. Desta forma, nesse artigo, falaremos um pouco sobre a profissão do engenheiro eletrônico, seus paradigmas, seu perfil e principalmente sobre suas áreas de atuação. A área de Telecomunicações também deve crescer muito nos próximos anos, especialmente porque a pandemia acelerou a demanda por uma internet mais veloz e eficiente.

Durante o curso, o aluno aprende a atuar na geração, transmissão, distribuição e utilização da energia elétrica. Outra opção de carreira para o engenheiro eletricista é a geração de energia elétrica. Assim, o objetivo é uma sólida formação geral e especializada, sempre influenciada pela evolução tecnológica, pelo desenvolvimento da economia e por inovadores instrumentos de administração e gerência empresarial.

Onde o engenheiro eletrônico pode trabalhar?

O Que Mais É Importante Saber Sobre A Engenharia Civil?

O Quero Bolsa disponibiliza opções de vagas para cursos de bacharelado e pós-graduação em Engenharia Eletrônica. A graduação tem duração média de cinco anos e trabalho de conclusão de curso é obrigatório. O engenheiro eletrônico trabalha em campos bem específicos e mesmo assim bastante corriqueiros em diversos setores da engenharia de uma maneira geral.

Nesse caso, cabe ao engenheiro coordenar e executar projetos de atualização dos produtos. Porém, embora o foco da profissão seja a parte física dos equipamentos — o hardware —, também existem demandas com interface no desenvolvimento de sistemas operacionais, programas e aplicações — o software. O setor de telecomunicações também é mais um com boas perspectivas e que promete grandes oportunidades para os engenheiros elétricos no futuro. Seu papel consiste em criar e zelar pela manutenção de componentes eletrônicos para garantir o funcionamento de equipamentos diversos.

Este modo oferece diferentes opções assistivas para ajudar os usuários com deficiências cognitivas, como dislexia, autismo, AVC e outros, a se concentrarem nos elementos essenciais do site com mais facilidade. Conheça um pouco mais sobre os setores que buscam profissionais formados em Engenharia Eletrônica. Outras oportunidades para a complementação da formação estão na iniciação científica e no intercâmbio no exterior. Atividades extracurriculares Consultoria eletronica também são sempre bem-vindas, como participar de equipes de computação, robótica, foguetes, aeromodelismo, entre outras. Ainda não é possível encontrar o curso de Engenharia Eletrônica EAD. No entanto, o sucesso dessa modalidade faz com que a tendência seja que novas graduações sejam criadas, especialmente em áreas como a engenharia. A Engenharia Eletrônica surgiu no final do século XIX, com o desenvolvimento tecnológico na indústria do telégrafo.

Média Salarial: Quanto Ganha Um Engenheiro Eletrônico

Naturalmente, o engenheiro eletricista pode se destacar muito no setor de energia elétrica. Ele pode auxiliar na criação e funcionamento dos empreendimentos, como usinas hidrelétricas, eólicas e solares, além de ser fundamental pra montagem de sistemas de energia fotovoltaica — uma forte tendência para os próximos anos. O curso de Engenharia Elétrica tem muitas disciplinas que envolvem cálculo, física, geometria e álgebra estarão presentes.

É importante não confundir com a Engenharia Eletrônica, já que o Engenheiro Elétrico vai se dedicar, principalmente, às redes elétricas, aos circuitos e aos sistemas de geração de eletricidade. É, enfim, uma ótima área para quem gosta e se dá bem na área de exatas, tem interesse em trabalhar com energia e, ainda, quer contribuir para o pleno desenvolvimento e crescimento da sociedade. Essa é uma área muito importante de trabalho, já que todo processo industrial vai precisar da ajuda de um engenheiro elétrico.